"Com as mãos vou juntando às letras, dando formas as palavras e criando poesias." *artesãdaspalavras* (direitos autorais reservados)

25 de setembro de 2008

PENSAMENTOS SOLTOS

Nunca nada
programei
deixo sempre
o destino
me surpreender..

.
*artesãdaspalavras*

Um comentário:

Antonio disse...

Que saudade de suas poesias....voce!